domingo, janeiro 30, 2011

Por que perdemos o contato com pessoas importantes para nós? Como pode acontecer que sejam levadas pouco a pouco pela corrente do agitado viver diário? Antes que o percebamos, anos passaram e perdemos um pedaço da nossa vida que valorizávamos tanto!

BBB - Texto do Luiz Fernando Veríssimo


Bom, recebi da Mah e achei pertinente colocar no blog.....
BIG BROTHER BRASIL
(Luiz Fernando Veríssimo)
Que me perdoem os ávidos telespectadores do Big Brother Brasil (BBB), produzido e organizado pela nossa distinta Rede Globo, mas conseguimos chegar ao fundo do poço...A décima primeira (está indo longe!) edição do BBB é uma síntese do que há de pior na TV brasileira. Chega a ser difícil,... encontrar as palavras adequadas para qualificar tamanho atentado à nossa modesta inteligência.
Dizem que em Roma, um dos maiores impérios que o mundo conheceu, teve seu fim marcado pela depravação dos valores morais do seu povo, principalmente pela banalização do sexo. O BBB é a pura e suprema banalização do sexo. Impossível assistir, ver este programa ao lado dos filhos. Gays, lésbicas, heteros... todos, na mesma casa, a casa dos "heróis", como são chamados por Pedro Bial. Não tenho nada contra gays, acho que cada um faz da vida o que quer, mas sou contra safadeza ao vivo na TV, seja entre homossexuais ou heterosexuais. O BBB é a realidade em busca do IBOPE...
Veja como Pedro Bial tratou os participantes do BBB. Ele prometeu um "zoológico humano divertido" . Não sei se será divertido, mas parece bem variado na sua mistura de clichês e figuras típicas.
Pergunto-me, por exemplo, como um jornalista, documentarista e escritor como Pedro Bial que, faça-se justiça, cobriu a Queda do Muro de Berlim, se submete a ser apresentador de um programa desse nível. Em um e-mail que recebi há pouco tempo, Bial escreve maravilhosamente bem sobre a perda do humorista Bussunda referindo-se à pena de se morrer tão cedo.Eu gostaria de perguntar, se ele não pensa que esse programa é a morte da cultura, de valores e princípios, da moral, da ética e da dignidade.
Outro dia, durante o intervalo de uma programação da Globo, um outro repórter acéfalo do BBB disse que, para ganhar o prêmio de um milhão e meio de reais, um Big Brother tem um caminho árduo pela frente, chamando-os de heróis. Caminho árduo? Heróis?
São esses nossos exemplos de heróis?
Caminho árduo para mim é aquele percorrido por milhões de brasileiros: profissionais da saúde, professores da rede pública (aliás, todos os professores), carteiros, lixeiros e tantos outros trabalhadores incansáveis que, diariamente, passam horas exercendo suas funções com dedicação, competência e amor, quase sempre mal remunerados..
Heróis, são milhares de brasileiros que sequer têm um prato de comida por dia e um colchão decente para dormir e conseguem sobreviver a isso, todo santo dia.
Heróis, são crianças e adultos que lutam contra doenças complicadíssimas porque não tiveram chance de ter uma vida mais saudável e digna.
Heróis, são aqueles que, apesar de ganharem um salário mínimo, pagam suas contas, restando apenas dezesseis reais para alimentação, como mostrado em outra reportagem apresentada, meses atrás pela própria Rede Globo.
O Big Brother Brasil não é um programa cultural, nem educativo, não acrescenta informações e conhecimentos intelectuais aos telespectadores, nem aos participantes, e não há qualquer outro estímulo como, por exemplo, o incentivo ao esporte, à música, à criatividade ou ao ensino de conceitos como valor, ética, trabalho e moral.
E ai vem algum psicólogo de vanguarda e me diz que o BBB ajuda a "entender o comportamento humano". Ah, tenha dó!!!
Veja o que está por de tra$$$$$$$$$$$$$$$$ do BBB: José Neumani da Rádio Jovem Pan, fez um cálculo de que se vinte e nove milhões de pessoas ligarem a cada paredão, com o custo da ligação a trinta centavos, a Rede Globo e a Telefônica arrecadam oito milhões e setecentos mil reais. Eu vou repetir: oito milhões e setecentos mil reais a cada paredão.
Já imaginaram quanto poderia ser feito com essa quantia se fosse dedicada a programas de inclusão social: moradia, alimentação, ensino e saúde de muitos brasileiros?
(Poderiam ser feitas mais de 520 casas populares; ou comprar mais de 5.000 computadores!)
Essas palavras não são de revolta ou protesto, mas de vergonha e indignação, por ver tamanha aberração ter milhões de telespectadores.
Em vez de assistir ao BBB, que tal ler um livro, um poema de Mário Quintana ou de Neruda ou qualquer outra coisa..., ir ao cinema..., estudar... , ouvir boa música..., cuidar das flores e jardins... , telefonar para um amigo... , visitar os avós... , pescar..., brincar com as crianças... , namorar... ou simplesmente dormir.

Assistir ao BBB é ajudar a Globo a ganhar rios de dinheiro e destruir o que ainda resta dos valores sobre os quais foi construída nossa sociedade.








sábado, janeiro 29, 2011

eu prefiro ter sentido seu cabelo uma vez, ter dado um beio uma vez, ter tocado uma vez sua mão, do que uma eternidade sem isso, .........uma vez......(cidade dos anjos)

Como é bom beijar!



Quando você beija, sente o gosto não só da saliva. Sente o gosto da alma! No beijo você percebe quem a pessoa é, você sente de que substância ela é feita, é um parâmetro de afinidade.

Um beijo bom significa muita coisa. Significa que em outros níveis o contato de vocês pode ser muito bom também. É um marco no seu encontro amoroso. Você conversa, toca a outra pessoa... mas quando beija, muda alguma coisa. É o começo de uma nova etapa. Você se entrega, se mistura.

Para cada um, o beijo tem um significado diferente. Conheço gente que é capaz de fazer sexo e não beijar, reservando o ato para ocasiões muito especiais. Dizem que só o fazem quando estão amando. Para outras pessoas, é o que menos compromete. Beijam muita gente, sem que isso signifique nada além de prazer.

A verdade é que beijar é uma das delícias da vida, e por isso mesmo vale a pena fazê-lo bem. Quem nunca beijou fica na expectativa de como será. E você só aprende beijar beijando! Não há outro jeito, não há curso, não há aula, nem livro que ensine isso.

Você manifesta o desejo olhando para a boca ou se aproximando da outra pessoa. Faça com que esse momento seja bem especial: você está conversando, o papo está bom e já existe a vontade de chegar mais perto, de abraçar. Talvez haja abertura para que você a beije. Deixe sua boca suave, umedecida.

O jeito como você gosta de beijar tem que ser compatível com o beijo do outro. Beijando você sente se quer ou não quer continuar com a pessoa. Tem gente que gosta de beijar bem molhado, outras pessoas têm o beijo mais sequinho. Tem gente que enfia a língua na sua boca e não quer saber de tirá-la dali. Há aqueles também que têm a boca meio dura, sem coordenação. Você sente os dentes, aí é jogo duro! Normalmente essas bocas duras pertencem a pessoas bastante rígidas em suas personalidades. Tem o beijo de quem fuma, com aquele gosto desagradável de tabaco usado.

Cantores, radialistas, palestrantes, enfim, todos os que trabalham com a voz tendem a ter um bom beijo. Suas bocas têm tônus e flexibilidade. Existem muitas formas de beijar e, na hora do beijo, você sente qual é a conexão que vai ter com a pessoa. Você percebe se é um encontro qualquer ou se você tem vontade de beijar mais, de namorar.

Você pode começar de forma suave, sentindo bem os lábios do outro. Pequenos beijos secos no começo e, pouco a pouco, vá molhando. A ponta da sua língua pode tocar levemente a ponta da língua dela. Você pode então pressionar mais os lábios nos lábios dela e, suavemente, passar para um ritmo mais forte. Nesse momento as línguas já se misturam. Tente o equilíbrio entre as incursões de sua língua na boca dela e vice-versa. Viaje nisso. Feche os olhos e entregue-se.

Sinta todo o seu corpo beijando o corpo dela, seu peito beijando o peito dela, seu sexo beijando o sexo dela... Respire. Dê um beijo que tenha o tempo da eternidade, mas mude o ritmo de vez em quando, explore outro repertório. Sempre há um jeito novo de beijar, principalmente porque cada pessoa tem um jeito único de ser. Se você estiver muito afoito, por exemplo, volte a beijar de forma mais suave. É bem legal. Pegue todo o tesão que você está sentindo e equilibre-o agora em um beijo suave.

Beije também com seu olhar. Passe os lábios secos suavemente no rosto do outro. Beijinhos no pescoço, atrás da orelha. Beijo os olhos. Que sublime! Isso aumenta muito o tesão. Deixe os seus lábios se deliciarem com os lábios dela, suas línguas fazem uma dança perfeita. A respiração está ofegante e você imagina que, se existe o céu, você está nele. Sinta-se agradecido por esse momento tão especial. Todo o seu corpo vibra de excitação, de emoção por esse encontro.

Cada beijo seu, não importa a sua idade, pode ter a emoção do primeiro beijo. Os lábios, a língua e toda a musculatura que participa dos movimentos da boca devem ser trabalhados para melhorar a sua condição de beijar.

O senso de meditação também é bem importante para relaxar no momento. No beijo, quanto mais você se entrega, mais gostoso fica. O beijo é muito bom quando se está com tesão. O melhor beijo é aquele que você dá quando seu coração está aberto. Portanto, quando tem afeto!



Por Sergio Savian

sexta-feira, janeiro 28, 2011

Se tudo der certo amanhã sai textinho meu gente..... abraço e bjs.....

Qual é o momento certo para casar?


Relacionamento não é matemática, portanto, é difícil saber a hora certa para casar. Mas ouvir a opinião de que passou por isso ajuda a lidar melhor com essa "pequena" dúvida. Para muitas mulheres, namoro tem prazo de validade sim, e depois de algum tempo é preciso pensar em juntar os trapos, não só isso, oficializar a união.

Alguns psicólogos também acreditam que existe um tempo certo para o namoro. Em seu artigo no jornal britânico Daily Mail, Pam Spurr soltou: "Se você não chegou ao altar entre 18 meses e 3 anos de relacionamento, alguma coisa está errada - e adiar a decisão não vai ajudar a consertar". Na verdade, o que ele quer mesmo dizer é que se depois dos três aninhos um dos dois chegar para o outro e dizer que quer assumir algum tipo de compromisso, e a resposta for negativa do outro lado, é hora de abrir o jogo e repensar melhor no futuro da relação.

Para a psicóloga Cristina Selva, não existe um tempo exato para sair do namoro e assumir um compromisso, mas sim afinidades e sentimentos. A partir do momento que se percebe não existi-los, o relacionamento acaba. "Não acredito que exista um risco num relacionamento longo, hoje em dia é muito comum as pessoas morarem juntas e depois se decidirem por um relacionamento mais sério", diz. Outro motivo dos namoros longo, segundo a psicóloga, é a extensão da adolescência. "É comum vermos nas famílias, moças e rapazes com 25 a 30 anos que não pensam em sair de casa e assumir uma responsabilidade, muitas vezes por pensarem que é cedo, por se preocuparem em investir na carreira". Dessa forma, o casamento fica em segundo plano.

Vamos aos exemplos na vida prática. A artista plástica Gabriela de Moraes Luiz Machado, 23, está com os preparativos a todo vapor para a cerimônia, evento que acontece em fevereiro de 2011, com um pequeno detalhe: por enquanto o casamento é segredo para a maioria dos convidados. "Está sendo muito engraçado organizar a festa porque ninguém sabe que vamos casar, a não ser nossos familiares. Todos só vão ficar sabendo quando receberem o convite", conta Gabriela que com uma boa reserva financeira, feita a partir do momento em que os dois marcaram a data, já está conseguindo pagar a festa e o apartamento.

O escolhido para esta nova "empreitada" da artista plástica foi o administrador de empresas Emerson Santos, 29. Mais apressadinhos bastaram dois meses de namoro para logo eles embarcarem na conversa sobre casamento. "Nos conhecemos em maio de 2008 e em menos de um ano já estávamos noivos", conta. Antes de marcar a data, o único empecilho foi decidir em qual cidade eles iriam morar. "Ele é de Socorro, eu de São Paulo. Isso me deixou um pouco preocupada, pois tive medo dessa mudança para mim ou para ele. Mas já está decidido, o Emerson vem para cá no fim do ano e vamos começar uma nova vida, juntos", confirma.

Vanessa Figueiredo Romão tem uma história um pouco diferente. Foram cinco anos de namoro antes de oficializar a união. "O primeiro olhar foi em um casamento, no dia dos namorados, e nos casamos cinco anos depois, na mesma data". Na época ela tinha 24, ele 26. Já no noivado, ela se sentia preparada, mas depois mudou logo de opinião pelo fato de dividir as responsabilidades entre casa, trabalho e marido. "Tinha medo de o casamento durar pouco. Apesar de cinco anos de convivência, a insegurança batia, e ainda bate". Por conta da ansiedade pré-casamento, Vanessa chegou a ter vários pesadelos.

"Um dia sonhei que ficava presa no carro, que perdiam as chaves e o padre vinha me casar no carro. Eu dentro e o noivo fora. Até sonhei que o buquê era de legumes". Alguns desses pesadelos foram de fato para a vida real. A administradora de empresas chegou a desmarcar a data e cancelar a confecção do vestido por brigas com a própria sogra - ela achava que os dois eram jovens demais para assumir um compromisso. "Colocava empecilho em tudo, coisa de mãe". Mas felizmente a situação durou pouco e logo o vestido votou a ser feito.

Morar junto é um bom negócio?

Para Vanessa isso não foi algo tão benéfico. Antes do casório, ela foi morar na casa da sogra por alguns meses. "Não tínhamos uma relação de marido e mulher, foi aí que comecei a ver que os costumes eram diferentes, desde o simples ato de lavar e passar roupas. A mãe dele organizava as camisas por cor no guarda-roupa. Quando assumimos uma casa eu não tinha tempo para isso, ele reclamava. Na casa dele, as louças do jantar eram lavadas a noite, depois do jantar, na minha casa era diferente, e isso o incomodava. Eu não tinha pique para, depois de um dia de trabalho, chegar em casa, fazer o jantar e ainda deixar a cozinha brilhando", conta.

Assim como acontece com Vanessa, as diferenças sempre vão existir ao longo do casório, seja no início ou durante o relacionamento a dois. Para ela, o mais importante dessa história é manter um diálogo aberto. "Além do amor, a relação precisa ser baseada na confiança, dessa forma não tem como levar adiante". Na sua opinião é no casamento que homens e mulheres começam a perceber que não são apenas uma só pessoa, mas sim duas no relacionamento.

"Pessoas estas que precisam compartilhar e, muitas vezes ceder, lidar com as vontades e as insatisfações do parceiro. Isso muitas vezes contribui para que o mesmo não dê certo. Pensar em casamento é pensar em semelhanças e diferenças e, acima de tudo, ponderar", completa a psicóloga.

Por Juliana Lopes

Tempo ao Tempo

Hoje acordei pensando muito nessa musica, não faço idéia porque, rs.... sabe quando vc acorda já cantando? rs.... vai entender.... segue musica e letra.... meio corna mas bonitinha né???? rs....




Tempo ao Tempo - Jorge e Mateus
Composição: Raynner Sousa, Barony e Adrian

Você já percebeu que quando eu te vejo eu perco o chão
Que o simples fato de te ouvir me faz perder toda razão
Quando você chega minha mão transpira
Minha mente pira
Eu já não sei o que fazer

Já vi que esse lance tá ficando chato
Pois até os meus atos não consigo mais conter
Não ligo se você não tá ligando nem tão pouco se importando
Mesmo assim vou te dizer

Já dei tempo ao tempo, mas o tempo não me ajuda
Se tento te esquecer só faço te querer
Tá no meu pensamento sentimento que não muda
Tô louco pra te ver
Só quero amar você...

quinta-feira, janeiro 27, 2011

clique para ampliar...

1959 X 2011

Importante este texto como critica social, olha a diferença dos acontecimentos com o passar dos anos.....

 
Épocas, costumes e ações...
1959 X 2011

Cenário 1 : João não fica quieto na sala de aula. Interrompe e perturba os
colegas.
Ano 1959 : É mandado à sala da diretoria, fica parado esperando 1 hora,  vem o diretor, lhe dá uma bronca descomunal e volta tranquilo à classe.
Ano 2011 : É mandado ao departamento de psiquiatria, o diagnosticam como hiperativo, com transtornos de ansiedade e déficit de atenção em ADD, o psiquiatra lhe  receita Rivotril. Se transforma num Zumbí. Os pais reivindicam uma subvenção por ter um filho incapaz.
Cenário 2 : Luis quebra o farol de um carro no seu bairro.
Ano 1959 : Seu pai tira a cinta e lhe aplica umas sonoras bordoadas no traseiro... A Luis nem lhe passa pela cabeça fazer outra nova "cagada", cresce normalmente, vai à universidade e se transforma num profissional de sucesso.
Ano 2011 : Prendem o pai de Luis por maus tratos. O condenam a 5 anos de reclusão e, por 15 anos deve abster-se de ver seu filho. Sem o guia de uma figura paterna, Luis se volta para a droga, delinque e fica preso num presídio especial para adolescentes.
 
Cenário 3 : José cai enquanto corria no patio do colégio, machuca o joelho. Sua professora Maria, o encontra chorando e o abraça para confortá-lo...
Ano 1959 : Rapidamente, João se sente melhor e continua brincando.
Ano 2011 : A professora Maria é acusada de abuso sexual, condenada a três anos de reclusão. José passa cinco anos de terapia em terapia. Seus pais processam o colégio por negligência e a professora por danos psicológicos, ganhando os dois juizos. Maria renuncia à docência, entra em aguda depressão e se suicida...
 
Cenário 4 : Disciplina escolar
Ano 1959 : Fazíamos bagunça na classe... O professor nos dava umas boa "mijada" e/ou encaminhava para a direção; chegando em casa, nosso velho nos castigava sem piedade.
Ano 2011 : Fazemos bagunça na classe. O professor nos pede desculpas por repreender-nos e fica com a culpa por faze-lo . Nosso velho vai até o colégio se queixar do docente e para consolá-lo compra uma moto para o filhinho.
 
Cenário 5 : Horário de Verão.
Ano 1959 : Chega o dia de mudança de horário de inverno para horário de verão. Não acontece nada.
Ano 2011 : Chega o dia de mudança de horário de inverno para horário de verão. A gente sofre transtornos de sono, depressão, falta de apetite, nas mulheres aparece celulite.
 
Cenario 6 : Fim das férias.
Ano 1959 : Depois de passar férias com toda a família enfiada num Gordini, após 15 dias de sol na praia, hora de voltar. No dia seguinte se trabalha e tudo bem.
Ano 2011 : Depois de voltar de Cancún, numa viagem 'all inclusive', terminam as férias e a gente sofre da síndrome do abandono, pânico, attack e seborréia...
 
Pergunto eu ....
QUANDO FOI QUE NOS TRANSFORMAMOS NESTE BANDO DE "DOENTES"...?

Eu...

Estava super nervoso....na hora que ela entrou no carro fiquei apavorado.....mas a calma dela me tranquilizou, me trouxe paz....seu olhar quieto, atencioso.........

quarta-feira, janeiro 26, 2011

Vc se fez de dificil e eu gostei - Talula BBB11.....

fala sério....o segredo é esse???? kkkkkkkkkkkkk

PAQUERA E RELACIONAMENTOS: A SAGA DAS MÃES SOLTEIRAS


Por Gravataí Merengue

Recentemente, chegou-me uma pergunta pra seção de quinta-feira com uma dúvida inquietante. A garota, que é mãe, queria saber a razão pela qual boa parte dos homens batem em retirada quando sabem que ela tem um filho. Ela é bonita, curtem a balada, tal e coisa, mas fogem de compromissos sérios.

É um tema sério e profundo. Cabe um texto, e sem prejuízo de futuramente responder à pergunta, dentro do caso concreto. Vejamos.

Pra variar, cabe a mim a inglória tarefa de passar vergonha em nome das merdas cometidas pela maioria dos homens. Sim, claro, cometo as minhas (e não são poucas). Mas essa não é uma delas. Não sou do tipo que foge de mulheres com filho. E acho que isso é uma imbecilidade sem tamanho. Uma coisa ridícula. Falta de hombridade, acima de tudo.

Analisemos essa covardia por partes.

Em muitos casos, o cara é tão imbecil, mas tão imbecil, que sai correndo mesmo sem querer nada sério. É uma reação natural das características de frangote do ser. Puro instinto, enfim. A moça fala que é mãe e ele já se ouriça, num estranhíssimo alerta vermelho. O que ele queria? Nada! Mas, ainda assim, sai de fininho. Ridículo.

Passemos à segunda espécie, que não é nada melhor, apenas um tipo diferenciado de covarde: aquele que não pretende casar, mas apenas manter um namorinho, um casinho, algo assim. Mas, vejam só, ele não quer uma garota com filhos! Por quê? Boa pergunta. E não esperem uma resposta lógica, pois em lugar disso surgirá alguma justificativa ridícula. Simplesmente não quer e sai correndo. Medo? Talvez. Imbecilidade? Provavelmente.

E há a vala comum da hipocrisia social, os machistinhas idiotas e intoleráveis que perpetuam a babaquice das virgens vestais. É claro que não há mais a necessidade estapafúrdia do casamento ser com uma mulher "intacta" (só faltava essa, mesmo); mas ainda há (muita) gente que cultiva a estrambótica crendice de que a noiva não deva ter filhos.

Com isso, é claro, as moças-mamães cortam um dobrado no "mercado da paquera". E não adianta negar, seria ridículo da minha parte dizer que não existe isso, pois existe, sim. É um dos vários tristes retratos de nossa sociedade.

E seria injusto, por fim, não mencionar o outro lado dessa moeda: as mulheres que também evitam homens com filhos, por motivos quase sempre idênticos aos dos homens que não mantêm relacionamentos sérios com garotas-mamães.

Essa negativa é toda calcada na idéia de se construir algo sólido e maduro. Pode ser. Mas é um primeiro passo capenga, pois ele se funda na mais inequívoca imaturidade e no mais insofismável retrocesso mental e evolutivo. Se alguém quer dar um grande passo na vida, não faz sentido, ao mesmo tempo, dar trinta para trás.

(claro, sem revisão)

terça-feira, janeiro 25, 2011

Livro a todo vapor...

Pessoas, mil desculpas por não postar hoje, mas o livro está tomando uma dimensão que eu não estava preparado...rs... quando as coisas começarem a se acertar eu comunico as novidades..... hoje foi uma loucura, acabei com todos os exemplares que tinha mas já foi encomendada outras edições..... agradeço a todos que tem me motivado e me apoiado, agradeço as pessoas que estão fazendo as coisas acontecerem.... muito obrigado....amanhã post voltando ao normal.....

segunda-feira, janeiro 24, 2011

Linha do Tempo

video

já tinha publicado no blog a um tempo atrás.... muito bom o videozinho....

Quem Somos nós Para Julgar?


Boa semaninha pessoas... estava lendo um devocional e me deparei com esta história e achei pertinente colocar aqui como ponto de reflexão.....

Muitos conhecem a história daquele homem que, num dia chuvoso, saía para seu trabalho e descobriu que todos os guarda-chuvas que estavam em casa precisavam de conserto. Através dos anos, os filhos tinham crescido, deixando um número de guarda-chuvas que a família ainda possuía. Na primeira busca, encontrou quase uma dúzia. Sem muita vontade, tomou alguns deles para levar para consertar.


No fim do dia, passou numa lanchonete antes de voltar para casa e, ao sair, pegou por engano um guarda-chuva que não era o dele. Antes que ele chegasse à porta, o dono do guarda-chuva o alcançou e pediu-o de volta. O homem ficou embaraçado e pediu desculpas.
Saiu dali, foi à loja de consertos, pegou os guarda-chuvas consertados e tomou um ônibus. Duas paradas à frente, entrou um senhor que logo disse: "Bem, vejo que você foi bem-sucedido hoje." Era o homem cujo guarda-chuva tinha sido pego por engano no restaurante. Nenhuma explicação por parte daquele que consertara os guarda-chuvas convenceria seu acusador de que ele era qualquer coisa menos um ladrão de guarda-chuvas.


Essa é mais uma demonstração de como atribuímos motivos e saltamos rapidamente para conclusões que não estavam na ação nem na intenção da pessoa.

No sermão do monte, Jesus fez uma afirmação corajosa e um mandado difícil: "Não julguem, e vocês não serão julgados."
Posso considerar uma pessoa e/ou grupo como errados, mas se essa percepção me levar a desvalorizar a pessoa e/ou o grupo, também estou errado.

Como nenhum de nós está isento de argueiro ou trave no olho, é melhor não falar, não julgar e, antes, dar uma olhadinha em nós mesmos.

E com isso abro o meu parênteses..... ao invés de ficarmos discutindo teorias ou imaginando coisas a respeito de atitudes devemos ir perguntar diretamente na fonte, temos que ter o senso do que é certo e com isso buscar a verdade. Logo eu que sempre busco a verdade e acabo sempre perguntando na fonte e evitando assim pensamentos, passei por situações recentes que esqueci esse principio.... dai digo a vcs q o sofrimento causado não vale a pena...... não julguemos, busquemos a verdade.... sempre.....

 

domingo, janeiro 23, 2011

Outro....

Deus costuma usar a solidão
Para nos ensinar sobre a convivência.
Às vezes, usa a raiva para que possamos
Compreender o infinito valor da paz.
Outras vezes usa o tédio, quando quer
nos mostrar a importância da aventura e do abandono.
Deus costuma usar o silêncio para nos ensinar
sobre a responsabilidade do que dizemos.
Às vezes usa o cansaço, para que possamos
Compreender o valor do despertar.
Outras vezes usa a doença, quando quer
Nos mostrar a importância da saúde.
Deus costuma usar o fogo,
para nos ensinar a andar sobre a água.
Às vezes, usa a terra, para que possamos
Compreender o valor do ar.
Outras vezes usa a morte, quando quer
Nos mostrar a importância da vida ETERNA!
(Fernando Pessoa)
"Amor, eu não vou morrer nunca, você também não."

VOCÊ É UM(A) LIDER?

Sei que as vezes saio um pouco do foco, rs.... colocando textos que não são de relacionamento e tal, mas dai volto as origens deste blog que era guardar textos que eu gostava e este é um texto muito bom, lição de moral com humor....fica aqui para ser guardado....



Há muitos e muitos anos, viveu um homem do mar, conhecido como o Capitão'.
Ele era muito valente e jamais teve medo diante de qualquer inimigo. Certa vez, navegando pelos sete mares, um dos
vigias da embarcação viu que se aproximava um barco pirata.

O Capitão gritou: Tragam a minha camisa vermelha!
E vestindo-a, ordenou aos seus homens:
Ataquem! Ataquem e vençam estes malditos piratas!
E assim foi feito, e derrotaram os piratas.
Alguns dias mais tarde, o vigia viu dois barcos piratas. O Capitão pediu novamente sua camisa vermelha e a vitória
voltou a ser sua. Nesta mesma noite, seus homens perguntaram porque ele sempre pedia a camisa vermelha, antes de entrar
na batalha, e o Capitão respondeu:

Se eu for ferido em combate, a camisa vermelha não deixará que meus homens vejam meu sangue, e assim, todos continuarão
lutando sem medo.'

Todos os homens, diante daquela declaração, ficaram em silêncio, maravilhados com a coragem de seu comandante. Logo no
amanhecer do dia seguinte, o vigia viu não um ou dois, mas DEZ barcos piratas que se aproximavam. Toda a tripulação,
assustada, dirigiu os olhos para o capitão, e ele, com sua voz potente e sem demonstrar nenhum medo gritou:
Tragam a minha calça marrom!!!

sábado, janeiro 22, 2011

Lembro dessa burrice bonita de que é feita a última esperança.

Suporta


Nos momentos de crise,
Não te abatas. Escuta.

Por nada te revoltes,
Nem te amedrontes. Ora.

Suporta a provação.
Não reclames. Aceita.

Não grites com ninguém.
Nem firas. Abençoa.

Lance de sofrimento
É o ensejo da fé.

Silencia. Deus sabe
O instante de intervir.

sexta-feira, janeiro 21, 2011

Estresse diminui capacidade masculina de interpretar emoções


Por Patricia Zwipp

Homens e mulheres reagem de forma oposta quando estão em situações estressantes, de acordo com uma pesquisa da Universidade do Sul da Califórnia, nos Estados Unidos. Eles têm diminuição de atividade nas regiões do cérebro responsáveis pela compreensão dos sentimentos dos outros, enquanto elas mostram aumento dessa capacidade.

Para chegar a essa conclusão, a equipe analisou cerca de 50 pessoas de ambos os sexos. Os participantes observaram imagens de rostos e tanto homens quanto mulheres apresentaram atividade nas partes do cérebro usadas para processamento visual, interpretação e compreensão de expressões faciais.

Em seguida, os níveis de cortisol, hormônio relacionado ao estresse, foram manipulados. Sob estresse agudo, os voluntários do sexo masculino responderam menos às expressões do rosto, especialmente às de medo e raiva.

A cientista Mara Mather disse ao jornal Daily Mail que, em momentos estressantes, os homens tendem a se retirar socialmente e as mulheres procuram por apoio emocional. A publicação NeuroReport divulgou o resultado do trabalho.

Outro...

Ela não era de onde eu vinha. Era para onde eu ia.

quinta-feira, janeiro 20, 2011

Mulheres! Dêem espaço para a conquista!


Por Ale Moon
(http://luakawaii.blogspot.com)

Eu estava conversando hoje com meu amigo Vih. Depois de um tempo sem nos falarmos, botamos as fofocas em dia. E como ele é geralmente muito franco e gentil, passamos a conversar e filosofar mais sobre a vida.

Contei sobre o que me tem acontecido, como eu tenho passado e blá, perguntei a ele depois como ele tem passado e me contar o que tanto aconteceu com ele.

Aí ele me diz sobre as novidades dele. Ele sendo gay, me contou que no lugar onde ele estuda, ele foi abordado por um colega. Ele até pensou em parar de estudar lá, e perguntei por quê.

O seu colega é bonito e muito assediado pelas garotas. Só que ficou interessado no Vih. Até que um dia resolveu puxar assunto. Conversaram e tals. Na hora de saída, estava muito frio, o rapaz puxou ele pelo braço e ofereceu uma carona de carro. A resposta foi negativa. O Vih preferiu ir de ônibus.

No dia seguinte, os dois mal se falaram além de cumprimentos. Até que aquele rapaz chama ele para conversar. Olha ele nos olhos e diz "Eu quero algo sério. Eu vi como você ficou sem graça quando te ofereci carona ontem."

E então, o cara tira da mochila um perfume caro, e diz "Eu gostaria de te dar isto de presente sábado, mas..."

Vih me disse que ficou espantado com isso, e explicou que não quis aceitar o presente, porque obviamente o seu colega queria "algo a mais", queria um namoro, e respondeu que não merecia ganhar aquele presente porque "é gordo e feio". Sábado é o dia dos namorados.

O seu colega disse que era o de menos, que se ele se preocupa com o peso, malhava junto (já que o colega é "sarado"). Com muita insistência, disse que ficaria chateado se Vih não aceitasse o presente, e então ele aceitou.

É claro que não termina aí, segunda-feira o Vih vai conversar melhor com este colega e ver se realmente quer algo sério mesmo.

No meio dessa conversa sobre o colega dele, ficamos refletindo sobre as garotas de lá de onde ele estuda e sobre homossexualismo.

Eu não quero ofender as pessoas que estudam com ele, mas falei que na minha opinião, há muitas garotas muito MUITO vulgares e fúteis por aí, e imagino que acaba toda a graça de conquistas e relacionamentos quando a mulher simplesmente fica agindo como se "entregasse a loja de doces" inteiro na hora. E, realmente, veja só, que graça tem uma pessoa que não tem nenhum brilho, que não dá espaço para as conquistas?

Em uma escola que eu estudei, as garotas se sentiam o máximo porque ficavam com meio mundo de meninos. Eu achava isso um horror!! Já acho tosco os garotos que ficam com monte de garotas e ficam se achando por aí. Não sei se devo ser meio velha, mas para mim as coisas devem funcionar assim: conquista-namoro-noivado-casamento. Eu acredito realmente que deveria ser assim. Apesar de ser raro namoros duradouros, ainda mais casamentos de hoje em dia que muitos estão acabando em divórcios rapidamente, é uma pena!

Ele estava magoado com as garotas de lá, que estavam o tratando friamente. Ficou claro que elas morreram de inveja, porque o rapaz que queria ele era muito paparicado por elas. Uma saiu gritando dizendo que gostava do cara e perguntando por quê que escolheu "o gordo feio".

Eu falei que isso é tudo inveja. E realmente o que elas tinham é inveja mesmo. Comentei que penso que muitos dos erros das mulheres hoje, é não dar o espaço para a conquista. Já quer sair no ataque, e não quer simplesmente deixar o tempo ajeitar; quer ter um "príncipe encantado" e pega qualquer marmanjo por aí.

Ele me disse "Se todas as mulheres fossem que nem você, eu não teria pretendente!" *risos* hauhuha

Mas se for notar, mulheres pensam diferente dos homens, e por um desvio estão pecando não só na própria auo-imagem e no que seria socialmente aceito, como também em sua biologia.

Vejam só: por exemplo, quando uma mulher está na balada e só está pegando. Ela pode estar com a intenção de pegar um naquela noite e ter um relacionamento mais sério. Não neguem, pois é natural da mulher, somos mais românticas, queremos nos sentir bonitas, atraentes e ter um "príncipe encantado". Mas os homens não entendem isso! Para eles "catar" é diferente de "casar", tanto que tem mulher que engravida para casar e nem assim o cara assume porque simplesmente achava que ela era só para "catar", ou seja, só de uma noite.

Concluindo: refletindo sobre esta história do Vih e do que se passa sobre aquelas colegas dele, vocês notaram a diferença?

As colegas dele não deram espaço para a conquista, o cara simplesmente não viu graça nelas. Claro que devem ter mais fatores, mas não desfaz o fato de que ele viu que poderia ter algo sério com o Vih e por isto estava determinado.

A história dele não é uma história impossível de se acontecer com casais héteros, é claro!! Vemos muito por aí histórias lindas, casamentos que duram muitos anos, casais felizes, sim, essas coisas existem! Mas vamos abrir o caminho para as conquistas, pois um relacionamento bom se dá por admiração e respeito, não é?

Crescendo

Da mesma fonte do ultimo videozinho, Cris Guerra mostra as etapas de sua gravidez.... do Francisco..... que inspirou a criação do livro... muito bom, o homem que aparece nas fotos é o pai do Francisco que acabou morrendo antes ou logo depois do filho nascer... não lembro agora.....Um dia quando casar e tiver um filho farei igual com minha esposa....adorei a idéia, kkkkkkk

Confiança é a base de qualquer relacionamento. Frank Crane o expressou melhor: “Você será enganado se confiar demais, mas viverá em tormento se não confiar o suficiente.”

quarta-feira, janeiro 19, 2011

Outro....

“São as pequenas atenções, os numerosos incidentes pequeninos e as simples cortesias da vida, que formam a soma da felicidade da existência; e é a negligência das palavras bondosas, animadoras e afetuosas e das pequenas cortesias da vida que ajudam a formar o todo da infelicidade da existência.

MITOS IDIOTAS DA MODERNIDADE: O HOMEM INSEGURO



Por Gravataí Merengue

A situação é comum: sujeito sai com a garota, vão para os finalmentes, a coisa se repete, mas de repente ele some. Ela o chama de "inseguro", pois (ela diz) não quis levar adiante o lero-lero por "medo de um relacionamento".

Pura cascata, lorota da braba. Vejamos.

Não tem nada de "inseguro" na conduta do rapagote. Ele simplesmente quer mandar brasa, mas sem encheção de saco. Quando começa o mínimo sinal de cobrança, pula fora e parte para outra.

Claro que, no fundo, as meninas sabem muito bem disso. Mas tapam o sol com a peneira, chegando ao ponto de uma se queixar para a outra e todas concordarem, mesmo sabendo que se trata de malandragem do garoto.

Em vez de reconhecer que era tudo apenas sexo, a ela se coloca numa posição de maturidade sentimental, atribuindo ao ex-parceiro de reco-reco uma série de qualificações pra lá de negativas.

Ah, essa revolta vingativa das mulheres...

Mas os rapazes também gostam dessa besteirada. Quando as meninas surgem com o papo da insegurança, eles adoram a idéia, pois falar a verdade seria no mínimo traumatizante. Melhor passar por "inseguro", e resolver logo o problema, do que dizer para ela que queria apenas um sapeca iá-iá.

Se uma mulher convida um homem para transar e diz que é só isso e mais nada, ele provavelmente topará. E se ela sumir por uma mês, depois reaparecendo com a mesma proposta, ele topará de novo.

Mas as mulheres, quando recebem tais convites, PRECISAM de uma enganação sentimental. São poucas as que de fato entendem a jogada do sexo.

Desse grande quadro de enganações e idiotices, nasce o mito do "homem inseguro". Dureza, né? Poucos homens são tão seguros quanto aqueles a quem se imputa insegurança por simples necessidade de não se sentir usada.

As mulheres, nesses casos, deveriam encarar a verdade e: a) ou também usá-los; ou b) não cair na arapuca.

Até porque não é justo dizer que apenas uma parte usa a outra. Muitas vezes as próprias mulheres também "usam" o cara, mas têm vergonha de reconhecer que queriam apenas um telecoteco; então jogam nas costas dele a responsabilidade por não ter rolado uma relação mais profunda.

Mas é isso aí. O importante é que a festa continua.
Confiança é um ingrediente fundamental nos relacionamentos saudáveis. Sem ela, vivemos sob as nuvens da suspeita e do medo.

terça-feira, janeiro 18, 2011

Outro...

John Powell disse: “Se meu motivo é o amor, a primeira coisa que farei será observá-lo, olhá-lo com os olhos supervidentes do amor. O amor realmente não é cego. É supervidente. A pessoa amorosa vê em outrem coisas que olhos sem amor jamais conseguem.”

Livro, PEÇA o seu.....



Salve salve a todos meus queridos amigos e leitores........

Bom... vamos divulgar, pensa que vida de escritor independete é fácil???? rs...

Então, passando somente pra avisar que já estão comigo os exemplares do livro, para JOINVILLE estou entregando em mãos os livros com dedicatória pessoal, o horário de entrega preferencialmente é durante a semana na hora do almoço, ou a noite. Fim de semana entrego no sábado a noite ou no domingo qualquer hora do dia. Levo no trabalho, em casa ou podemos marcar um ponto de encontro como shopping ou algo assim para entregar o livro... não se preocupe, é só falar o dia e o lugar que eu entrego.

Para fora de Joinville por enquanto estou enviando pelo correio e as pessoas estão depositando o valor do livro mais postagem em minha conta (itaú e caixa econômica), a postagem fica na fortuna de R$ 3,00. rs

Agora segue os valores
20,00 espiral (MENOS DO QUE O VALOR QUE VC GASTA PRA COMER SÁBADO A NOITE, RS..)
35,00 brochura

Além disso temos a promoção COMPRE 5 LIVROS GANHE 1.
Divulgue para seus amigos.... compre para revender..rs... e o mais importante, após ler o livro é obrigatório enviar um email com as impressões sobre o mesmo, possiveis correções e sugestões, pois como cada tiragem é baixa é possivel corrigi-lo.

Além disso algumas opiniões irão aparecer na contra capa que está em branco.

Envie um depoimento via orkut ou email para andrelenzoliveira@hotmail.com com seu contato ou mesmo o dia, hora e local para entregar...
CONTO COM VOCÊ......

Para Francisco....

Hoje é o dia das divulgações.... e além de divulgar o meu livro logo mais aproveito e deixo o videozinho de promoção do livro Para Francisco.... muito bom....

segunda-feira, janeiro 17, 2011

Outro...

 
"Não quero seu amor. Quero seu respeito. Respeite-me primeiro. Depois você poderá aprender a me amar"

Outro...

BRASILEIROS

Sei que foge da temática de relacionamentos e tudo o mais.... mas não posso deixar de colocar como crítica social e ponto de reflexão.....
 

Tá Reclamando de que?

Reclamando do Lula? do Serra? da Dilma? do Arrruda? do Sarney? do Collor? Do Renan? do Palocci? do Delubio? Da Roseanne Sarney? Dos politicos distritais de Brasilia? do Jucá? do Kassab? dos mais 300 picaretas do Congresso?



Brasileiro Reclama De Quê?

O Brasileiro é assim:

1. - Saqueia cargas de veículos acidentados nas estradas.

2. - Estaciona nas calçadas, muitas vezes debaixo de placas proibitivas.

3. - Suborna ou tenta subornar quando é pego cometendo infração.

4. - Troca voto por qualquer coisa: areia, cimento, tijolo, e até dentadura.

5. - Fala no celular enquanto dirige.

6. -Trafega pela direita nos acostamentos num congestionamento.

7. - Pára em filas duplas, triplas em frente às escolas.

8. - Viola a lei do silêncio.

9. - Dirige após consumir bebida alcoólica.

10. - Furafilas nos bancos, utilizando-se das mais esfarrapadas desculpas.

11. - Espalhamesas, churrasqueira nas calçadas.

12. - Pega atestados médicos sem estar doente, só para faltar ao trabalho.

13. - Faz
" gato" de luz, de água e de tv a cabo.

14. - Registra imóveis no cartório num valor abaixo do comprado, muitas vezes irrisórios, só para pagar menos impostos.

15. - Compra recibo para abater na declaração do imposto de renda para pagar menos imposto.

16. - Muda a cor da pele para ingressar na universidade através do sistema de cotas.

17. - Quando viaja a serviço pela empresa, se o almoço custou 10 pede nota fiscal de 20.

18. - Comercializa objetos doados nessas campanhas de catástrofes.

19. - Estaciona em vagas exclusivas para deficientes.

20. - Adultera o velocímetro do carro para vendê-lo como se fosse pouco rodado.

21. - Compra produtos pirata com a plena consciência de que são pirata.

22. - Substituio catalisador do carro por um que só tem a casca.

23. -Diminui a idade do filho para que este passe por baixo da roleta do ônibus, sem pagar passagem.

24. - Emplaca o carro fora do seu domicílio para pagar menos IPVA.

25. - Freqüenta os caça-níqueis e faz uma fezinha no jogo de bicho.

26. - Leva das empresas onde trabalha, pequenos objetos como
clipes, envelopes, canetas, lápis.... como se isso não fosse roubo.

27. - Comercializaos vales-transporte e vales-refeição que recebe das empresas onde trabalha.

28. - Falsifica tudo, tudo mesmo... só não falsifica aquilo que ainda não foi inventado.

29. - Quando voltado exterior, nunca diz a verdade quando o fiscal aduaneiro pergunta o que traz na bagagem ou nem entra na fila do "BENS A DECLARAR".

30. - Quando encontra algum objeto perdido, na maioria das vezes não devolve.

E quer que os políticos sejam honestos...

Escandaliza- se com a farra das passagens aéreas...

Esses políticos que aí estão saíram do meio desse mesmo povo ou não?
Brasileiro reclama de quê, afinal?

E é a mais pura verdade, isso que é o pior! Então sugiro adotarmos uma mudança de comportamento, começando por nós mesmos, onde for necessário!

Vamos dar o bom exemplo!

Espalhe essa idéia!

"Fala-se tanto da necessidade deixar um planeta melhor para os nossos filhos e esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores (educados, honestos, dignos, éticos, responsáveis) para o nossoplaneta, através dos nossos exemplos..."


A mudança deve começar dentro de nós, nossas casas, nossos valores, nossas atitudes!     

domingo, janeiro 16, 2011

Aprenda a lidar com o amor não-correspondido


Você jura ter encontrado o homem da sua vida e tem certeza de que somente ele será capaz de lhe fazer feliz. Mas, o que não estava nos seus planos era não ser correspondida afetivamente por ele.

Algumas atitudes podem indicar que o homem está pouco interressado em investir na mulher. De acordo com a terapeuta de casal Cláudya Toledo, se ele não olha ou não repara na mulher, não escuta o que ela diz e, principalmente, fica com o corpo voltado para outra direção quando está perto dela, definitivamente, o homem não sente atração.

Entretanto, a psicóloga especialista em Medicina Comportamental pela UNIFESP, Junia Ferreira, chama a atenção para um problema recorrente entre os relacionamentos de hoje em dia. "Existe muita precipitação por parte das mulheres, uma grande vontade de encontrar um amor. É preciso ir com calma, sem pressa e dar tempo para conhecer melhor o parceiro", afirma.

Outra dica da psicóloga para tentar evitar um amor não-correspondido é procurar alguém que tenha os mesmos gostos e preferências, já que será mais fácil compartilhar as experiências de vida.

Se você acredita que seus sentimentos não estão sendo correspondidos, Cláudya Toledo aconselha a reverter a situação. Segundo ela, é possível sim deixá-lo caidinho por você. "Para o homem é fundamental sentir atração física pela mulher. Portanto, é importante se arrumar para estar bonita para ele", diz.

Muitas vezes, a mulher acaba se declarando por acreditar que assim despertará algum sentimento no rapaz. A terapeuta Cláudya desaprova tal providência. "O homem não fica com alguém que se faz de pobrezinha. Ele ainda isola a pessoa porque não sabe lidar com a "revolução de sentimentos", afirma.

Portanto, evite expor seus sentimentos para não se sentir humilhada e frustrada. Além disso, os conflitos amorosos existem para serem superados. "Para se livrar de um amor não-correspondido, a mulher deve dar um tempo para se recolher e chorar bastante, para depois ficar linda e fazer a 'fila andar'", diz Cláudya. A terapeuta ainda explica que tanto mulheres quanto homens têm de se acostumar com a "onda amorosa", que é composta por altos e baixos. "Tem que existir o baixo para que a onda possa ter seu auge", finaliza.

Já a psicóloga Sueli Castillo aconselha a mulher a se valorizar e acreditar em si mesma. "Claro que ela vai viver em um período de "luto", afinal passou por uma perda. Mas depois disso, o importante é que ela tenha consciência de que a vida é feita de tentativas, com erros e acertos. Certamente, acabará encontrando um homem capaz de amá-la".

Radiohead

sábado, janeiro 15, 2011

Medalha de ouro para todos!

Mensagem mais light para este sábado lindo de sol.....

Certo samaritano, que seguia o seu caminho, passou-lhe perto e, vendo-o, compadeceu-se dele. Lucas 10:33
Durante as paraolimpíadas de Seattle, EUA, em que os participantes eram todos deficientes, ocorreu um lindíssimo quadro esculpido por nove atletas com deficiência mental. Na corrida dos cem metros rasos, um dos garotos tropeçou, caiu e começou a chorar. Os outros, ao ouvirem o choro, pararam. Uma menina com síndrome de Down beijou o colega e disse-lhe: "Pronto, agora vai sarar!" Em seguida, os nove competidores se deram os braços e andaram juntos até a linha de chegada, sob a admiração e comoção de todo o estádio, que aplaudia de pé. Em vez de um, todos foram condecorados com uma medalha de ouro. As competições sempre enaltecem o vencedor, que supera todos os concorrentes. Mas os deficientes dessa paraolimpíada lembraram à humanidade que podemos e devemos ajudar a vencer aqueles que tropeçaram em algum obstáculo na vida, mesmo que isso signifique parar, retroceder, e então avançar juntos, de mãos dadas, para que todos sejam vencedores. A solidariedade, a compaixão, são virtudes possuídas pelos seguidores de Cristo, O qual, vendo "as multidões, compadeceu-Se delas, porque estavam aflitas e exaustas como ovelhas que não têm pastor" (Mt 9:36). Ovelhas sem pastor vagueiam em volta do curral confusas, esbarrando umas nas outras porque não sabem para onde ir. Como muitos de nós. Jesus sentiu compaixão pelas pessoas porque elas estavam sedentas de Deus, mas os líderes espirituais da época, os fariseus, escribas, sacerdotes e saduceus nada tinham para lhes oferecer. Os doutores da lei não ofereciam orientação nem conforto espiritual. Em vez de darem ao povo coragem e esperança para viver, colocavam sobre ele o peso de mil imposições legais. Estavam dando aos homens uma religião que era um fardo. Diz William Barclay: "Precisamos sempre lembrar-nos de que a religião cristã existe, não para desanimar, mas para dar coragem, não para vergar os homens com encargos, mas para erguê-los nas asas."
O bom samaritano inclinou-se e ajudou o judeu caído a levantar-se e a prosseguir a carreira até à linha de chegada, onde Cristo espera a todos com a medalha de ouro.

--
Daniele Brang Prada

(Ajude a divulgar este blog... poste este conteúdo em suas redes sociais.....)

sexta-feira, janeiro 14, 2011

Outro....

Deus costuma usar a solidão
Para nos ensinar sobre a convivência.
Às vezes, usa a raiva para que possamos
Compreender o infinito valor da paz.
Outras vezes usa o tédio, quando quer
nos mostrar a importância da aventura e do abandono.
Deus costuma usar o silêncio para nos ensinar
sobre a responsabilidade do que dizemos.
Às vezes usa o cansaço, para que possamos
Compreender o valor do despertar.
Outras vezes usa a doença, quando quer
Nos mostrar a importância da saúde.
Deus costuma usar o fogo,
para nos ensinar a andar sobre a água.
Às vezes, usa a terra, para que possamos
Compreender o valor do ar.
Outras vezes usa a morte, quando quer
Nos mostrar a importância da vida ETERNA!
(Fernando Pessoa)

Porque os Homens Mentem?



Núbia Tavares, especial para o iG São Paulo

Os loroteiros de carteirinha estão com os dias contados. É que a peça “Por que os homens mentem?”, inspirada no livro “As mentiras que os homens contam”, de Luiz Fernando Veríssimo, pretende revelar os segredos do universo masculino. O Delas conversou com Juliano Mazurchi, ator e produtor do espetáculo, que entrega as cinco razões mais comuns:

1 - Defesa
Nesse caso, a mentira é motivada pelo instinto mais primitivo do homem. “Quando percebemos que a verdade pode nos colocar em uma situação delicada, inventamos mentiras para escapar da confusão sem riscos”.

2 - Contar Vantagem
A mentira tipicamente masculina é também a preferida dos exibidos. “Acontece normalmente quando estamos com os amigos e queremos aumentar o currículo de conquistas, daí nos gabamos de ter saído com aquela mulher bonita. Todos os homens já contaram essa mentira alguma vez na vida”.


3 - Vergonha de Existir
Muito usada para ocultar fatos e atitudes deselegantes, mas nem sempre prejudiciais ao parceiro. Boa pedida para quem enfiou o pé na jaca na noite anterior. “Assim não desapontamos pessoas queridas e escapamos das situações constrangedoras”.

4 - Medo, muito medo
Essa mentira pode estar cheia de boas intenções. Por exemplo, quando ele diz que está animado para a festa daquele priminho que ela tanto gosta - no mesmo dia e hora do jogo de futebol. “Esse é um motivo que está bastante ligado ao anterior. Vergonha e medo andam juntos e são responsáveis por boa parte das mentiras que os homens contam”.

5 - Pura Canalhice
Esse é o pior tipo de mentira que existe. Muitas vezes premeditada, ela é dita para enganar mulheres, famílias e até nações. “É um motivo perverso, pois o canalha mente com o propósito de prejudicar a outra pessoa".

quinta-feira, janeiro 13, 2011

Outro....

100% dos caras entrevistados disseram que "o medo do intimidade" jamais os impediu de entrar num relacionamento. Um dos caras até observou que "medo de intimidade é uma lenda urbana". Um outro até explicou: "nós dizemos isso para as garotas quando não estamos muito a fim delas."

MITO OU VERDADE: MULHERES LIGAM PRA BELEZA MASCULINA?


Por Gravataí Merengue

Mentira. E da grossa. Mulheres obviamente gostam e preferem homens bonitos, mas com o tempo se acostumam e aceitam os feios, dando valor a outras qualidades. Mesmo assim, porém, CONTINUAM CONSIDERANDO A BELEZA FÍSICA ALGO IMPORTANTE. Não fundamental ou imprescindível, mas de grande importância.

Vamos à teoria, aos fatos e às provas.

É extremamente comum encontrarmos um casal composto por uma garota maravilhosa e um verdadeiro rascunho do mapa do inferno fazendo papel de homem. E, curiosamente, NEM SEMPRE É ALGUÉM RICO (ok, ok, muitas vezes ele tem lá sua graninha).

Mas, vejam só, quase nunca isso acontece na situação oposta. E o mesmo vale para mulheres novas e homens bem velhos. Ou estamos acostumados a ver velhas caquéticas com rapazes novinhos, a não ser em raríssimas ocasiões? Pois é.

De todo modo, não cairei aqui na sacanagem de generalizar. Porque, é fato, muitas garotas REALMENTE não ligam para isso. Ao longo dos anos, elas se conformam com a ideia de que não faz sentido perseguir a extrema beleza física e isso se dá por uma série de fatores.

Cabeçadas
Os homens, por excelência, são uns desgraçados. Sim, eu sei, algumas mulheres também, mas homem é tudo fiadap***. O que dizer, portanto, dos bonitões? Mulheres maravilhosas se jogam aos pés desses camaradas, de modo que é preciso matar um leão de fidelidade por dia. Ou dez leões. Ou mil.

Lá pelas tantas, é claro, ele manda tudo pro espaço e cai pra bagunça. Depois de levar cinquenta mil bailes desse gênero, a mulher desiste de cafajestagem e parte para outro tipo de camarada (ok, nem todas). A beleza física, portanto, vai para segundo, terceiro ou quarto plano.

Rotina
Não riam, mas é verdade: beleza enjoa. Quem só pegou baranga a vida toda pode achar isso engraçado ou até extravagante, mas é verdade. Depois de um ou dois meses, expira o prazo de validade da beleza, e o que resta são os outros atributos. As mulheres, claro, querem outros atrativos para passar a vida com o sacripanta.

Intelecto + Papo
O homem MUITO bonito, por questões bem óbvias, nunca precisou suar a camisa para pegar a mulherada e, salvo raríssimas exceções, não é do tipo que possui uma conversa das mais elaboradas. Não estou aqui reforçando estereótipos ou generalizando por esporte, mas constatando fato verídico.

Vocês, mulheres, passaram a adolescência e parte da juventude mimando esses camaradas. O que aconteceu? Eles cresceram usando-as como tapete. E, agora, não veem sentido para empregar bons argumentos, suscitar boas pautas ou coisa que o valha (de novo: salvo raras exceções). Lá pelas tantas, isso enche.

Enfim...
As mulheres, depois de tudo isso, dizem: EU NÃO LIGO PARA BELEZA. Certo? Errado. Porque não falamos aqui de CASAMENTO. A coisa é um pouco menos profunda, meus caros amigos e diletas leitoras. Vocês ligam sim. Porque a complexidade feminina permite manter certas predileções em campos bem distintos.

Vocês detestam essa separação masculina de "mulher para namorar/casar" e "mulher para comer", mas... VOCÊS TAMBÉM SEPARAM. Sim, sim. Separam! Há os "homens para procriar e manter a prole sob guarida" e os "homens para desejar".

Quem aí vai ao cinema ver o astro do momento atrás de uma boa atuação? Quem vai porque o filme é bom? Bobagem. Vocês vão porque ele é bonito, gostoso etc. E não é "errado". Há alguma explicação hormonal para isso, ué, e o fato acontece desde a adolescência.

Aliás, voltando ao período escolar, por quem vocês se apaixonavam naquela época? Pelo bocó das boas notas, pelo barrigudo lá do fundão, pelo baixinho das piadinhas ou pelo bonitão pelo qual TODAS AS DEMAIS MENINAS DO COLÉGIO TAMBÉM ERAM APAIXONADAS?

Esse comportamento as persegue durante toda a vida. O bonitão não é uma pessoa, mas um símbolo. Ele se transforma no carinha da boyband, no astro do cinema ou do seriado, até que você será uma senhora de idade e, guardadas as proporções da época futura, ele será o Roberto Carlos ou o Julio Iglesias de seu tempo.

E, assim como há o mito inatingível, há também o bonitão mais próximo e real. Aquele com quem você troca e-mails, papos tórridos no MSN, aquele com quem "quase" houve algo, mas você preferiu a solidez e a segurança da relação em que está agora.

Pois é. Sabem que não estou mentindo. Claro que vocês apreciam, gostam e não dispensam a beleza masculina. Talvez a maioria prefira outros quesitos. Mas não venham posando com essa superioridade de quem não liga para a "matéria".

E depois, num show qualquer, gritam "gostoso!", "gostoso!", e pode ser Ricky Martin ou Chico Buarque.

Revisão: Hellen Guareschi

quarta-feira, janeiro 12, 2011

Outro....

(autor desconhecido)

A Felicidade não depende do que acontece ao nosso redor e sim do que acontece dentro de nós; A Felicidade se mede pelo espírito com o qual nós enfrentamos os problemas da vida. É tão fácil sentir-se deprimido ou desesperado, portanto a Felicidade exige valentia.A Felicidade não consiste em fazer sempre o que desejamos;mas sim em querer tudo o que fazemos. A Felicidade nasce ao colocarmos nossos corações em nosso trabalho e ao fazê-lo com alegria e entusiasmo. A Felicidade não tem receitas; cada um a cozinha com o tempero de sua própria meditação. A Felicidade não é uma pousada no caminho,mas uma forma de caminhar pela vida. Os sofrimentos...nos pulem a alma; enquanto que as Alegrias... lhe dão brilho"

Livro a Venda



Bom pessoas, ficou pronto meu primeiro livro..... ufa...... Com 167 páginas recheados das melhoras crônicas e histórias escritas por mim com algumas contribuições de pessoas maravilhosas que acompanham esse blog.....

Promoção de lançamento R$ 20,00 (mais despesas de correio para fora de joinville)

Compra pra vc, pro seu amigo, enfim...... deleite-se lendo sobre a busca pelo amor..... amor de alma......

Pedidos podem ser feitos por email: andrelenzoliveira@hotmail.com

Outro....

Muitas vezes as pessoas são egocêntricas, ilógicas e insensatas.
Perdoe-as assim mesmo.

Se você é gentil, as pessoas podem acusá-lo de egoísta, interesseiro.
Seja gentil, assim mesmo.

Se você é um vencedor, terá alguns falsos amigos e alguns inimigos verdadeiros.
Vença assim mesmo.
Autor desconhecido...


Se você é honesto e franco, as pessoas podem enganá-lo.
Seja honesto assim mesmo.

O que você levou anos para construir, alguém pode destruir de uma hora para outra.
Construa assim mesmo.

Se você tem Paz e é Feliz, as pessoas podem sentir inveja.
Seja Feliz assim mesmo.

Dê ao mundo o melhor de você, mas isso pode nunca ser o bastante.
Dê o melhor de você assim mesmo.

Veja que, no final das contas, é entre você e DEUS.

Nunca foi entre você e as outras pessoas.

terça-feira, janeiro 11, 2011

Outro...

"100% dos homens entrevistados disseram que nunca estiveram ocupados demais para ligar para uma mulher de quem estivessem realmente a fim. Como um bom homem disse: "Um homem precisa ter suas prioridades."

(tirado do livro - ele simplesmente não está afim de você)

5 Maneiras de reaviver o romance já!!!!


Por Maureen Motta

Se as coisas andam meio sem graça por aí e o relacionamento tem caído num ritmo tedioso talvez seja o momento de renovar suas inspirações e as dele com algumas táticas simples e fáceis. Confira cinco maneiras queridas de reavivar o clima romântico no relacionamento e melhorar o astral dos dois:

Escreva cartas ou bilhetinhos românticos – Você nem precisa ter talentos na literatura para colocar essa dica em prática. O mais importante é mesmo o gesto a surpresa de ter escrito alguma coisa querida pensando nele. Pequenos post its, aqueles papeizinhos adesivos são ótimos para espalhar recadinhos apaixonados pela casa.

Programe uma noite diferente – Se vocês sempre jantam em casa, ir a um restaurante novo pode ser uma opção. Prefira lugares menos movimentados, onde vocês possam conversar melhor e aproveitar a companhia do outro. Outra ideia pode ser um programa que vocês nunca fizeram antes, seja ir ao parque ou a um show de um artista que vocês gostam.

Passar um final de semana fora – Mudar os ares pode ajudar, se for em meio à natureza, melhor ainda. Mas se não tiver como sair da cidade por conta do tempo, faça reservas num hotel legal só pelo final de semana. Às vezes o ambiente em casa tem pesado demais e dispersar pode ser uma boa solução.

Experimente os hobbies alheios – Troquem experiências de atividades que vocês tem como passatempo, seja ir à academia, descobrir novas bandas, ou mesmo ir ao estádio ver o seu ou o time dele jogar. É importante ao menos tentar entender o universo do outro como tática de aproximação. Conversem sobre o que vocês gostam de fazer no tempo livre e programem de fazer juntos.

Cozinhar um para o outro – Gastronomia sempre tem seu apelo e é melhor ainda quando é produzida pela suas próprias mãos, ou pelas mãos dele. Se seus talentos da cozinha não são um ponto forte, tudo bem, mesmo preparar um sanduíche com ingredientes mais sofisticados já vale. O que conta é o fato de fazer algo pensando no outro.

segunda-feira, janeiro 10, 2011

Outro

Resposta de email que enviei a uma leitora que havia enviado um email com algumas questões pertinentes a sua pessoa.

 
Eu sei q já faz algum tempo, mas muito obrigada por ter respondido meu e-mail. Me ajudou muito. Lembro sempre das suas ponderações. Vc conseguiu identificar o meu problema p/ relacionamento, a minha insegurança.
Estou ficando c/ um rapaz tem 1 mês e está indo tudo bem. Percebi nele a questão da reciprocidade q vc falou. As veses bate uma inseguraça muito forte, é uma sensação horrível, medo dele n gostar de mim, medo de perder a pessoa, medo de n dá em namoro, mas eu estou tentando trabalhar isso mim, procuro pensar que ele gosta de mim e que vai dá tudo certo. 
Em breve estarei lhe mandando um novo e-mail pra vc p/ falar q estamos namorando! rs
Obrigada! 
 

 

LÁSTIMAS DO UNIVERSO FEMININO: A FALSA INTELIGENTE


Por Isaias Camanducaia.

Fazemos de tudo pra faturar a menina, não é? Poesia? Claro, adoramos. Cinema iranianos? Sem dúvida, pode deixar que compro os ingressos. Exposição de fotografia romena? Que ótimo, hoje mesmo acordei pensando em ver algo assim. Somos uns desgraçados em busca de fornicação e, para isso, mentimos compulsivamente.

Tanto que suportamos todo tipo de mulher chata: fofoqueiras, fúteis, tagarelas, piadistas frustradas e assim por diante. Mas um tipo que me irrita profundamente é a Falsa Inteligente. Vocês saberão do que estou falando. É osso duro de roer. É muito complicado lidar com esse tipo.

É aquela velha história: se eu quisesse alguém inteligente eu iria ver uma palestra. Então a gente finge interesse no papo aracnídeo da mocinha. Mas às vezes o conversê é DOSE PARA MASTODONTE.

São vários os sinais que nos fazem identificar uma falsa inteligente. O mais patente é quando ela começa a reclamar da futilidade do mundo. Ah, mas reclama que é uma coisa. Esse mundo está perdido, as meninas são superficiais, os meninos são isso e aquilo... Mas e ela? Uma toupeirinha de dar dó. Agüentamos.

Outro sinal é a necessidade suprema de afirmar a inteligência por meio do bom gosto - e, por "bom gosto", é bom que se entenda a capacidade de freqüentar os eventos mais chatos da história da cultura ocidental. Para piorar - sim, é possível piorar - ela não tem o menor subsídio teórico para discutir a respeito daquilo que viu/ouviu/apreciou. E NOS OBRIGOU A IR JUNTO.

Mais uma evidência: compra livros como quem pede porção de carne seca com mandioca. De fato, é boa com nomes de autores e, vá lá, um ou outro nome das obras. Mas, a fundo, não conhece o verdadeiro significado daquilo que lê (se é que realmente lê, já que há uma diferença grande entre a leitura física e a assimilação teórico/contextual).

Essas garotas também são peritas na arte de depreciar textos alheios, em especial quanto à gramática; tanto quanto as feias são ótimas no ofício de falar mal de outras feias, em especial levantando lebre sobre Photoshop. É sintomático. A verdadeira inteligente não liga muito para isso, assim como a verdadeira gostosa não liga pro Photoshop das outras.

A Falsa Inteligente, pela regra, gosta de música da moda e de coisas da extremíssima vanguarda. O que é um tremendo pé no saco, pois obviamente nós, homens, achamos uma merda - com exceção daqueles que, vocês sabem, não jogam exatamente em nossa equipe.

Importante lembrar que o simples fato de uma garota gostar de uma dessas coisas, ou até mesmo de todas, não faz com que ela automaticamente seja do grupo das Falsas Inteligentes. Claro, pode ser uma exceção à regra. Mas, também verdade seja dita, vai ser exceção assim lá no mato, né?

O problema aqui não é querer ser inteligente ou buscar conhecimento, pois isso é uma busca legal e interessante, embora muitas vezes nos dê no saco. A coisa fica feia quando a garota arrota um conhecimento que não tem, quase sempre sacaneando pessoas legais que supostamente não teriam a mesma altitude intelectual (o que é uma bobagem, pois via de regra são muito mais inteligentes).

Enfim, é isso. Não gostamos da Falsa Inteligente. Achamos um porre, um saco e, bom, só comemos porque somos homens e para isso não temos mesmo muito critério.

Assim falou Camanducaia.

* * *

Isaías escreve numa parceria com o Canal iG Sexo. Além disso, ele participa periodicamente de campeonatos de bocha, pebolim, arremesso de caroço de azeitona e alguns outros esportes que ainda não foram reconhecidos pelo COI.

domingo, janeiro 09, 2011

Eu....

Sei que sou forte, me faço de durão.... mas a vontade que estou de chorar agora me consome.......chorar? porque não?

Eu....

Eu poderia ter sido a melhor coisa que aconteceu na sua vida..... agora vc nunca vai saber......

sábado, janeiro 08, 2011

9 FRASES DE DEUS PRA VC GRAVAR NA SUA MEMÓRIA

Nunca se esqueça de Deus
1 -
'Deus não escolhe
pessoas capacitadas, Ele capacita os escolhidos.'

2 -
'Um com Deus é
maioria.'

3 -
'Devemos orar
sempre, não até Deus nos ouvir, mas até que possamos ouvir a Deus.'

4 -
'Nada está fora
do alcance da oração, exceto o que está fora
da vontade de Deus.'

5 -
'O mais importante
não é encontrar a pessoa certa, e sim ser
a pessoa certa.'

6 -
'Moisés gastou:
40 anos pensando que era alguém; 40 anos
aprendendo que não era ninguém e 40 anos descobrindo o que Deus
pode fazer com um NINGUÉM.'

7 -
'A fé ri das impossibilidades.'
8 -
'Não confunda
a vontade de DEUS, com a permissão de DEUS.

9 -
'Não diga a DEUS
que você tem um grande problema. Mas diga ao problema que você tem um grande DEUS.'